Roberto Cyborg, mestre do professor que esculachou o falso faixa preta comenta o caso.

Mestre do professor que expulsou falso faixa-preta de academia, Cyborg comenta o caso

Resultado de imagem para roberto cyborg

Roberto Cyborg é um dos principais nomes do Jiu-Jitsu nacional (Foto divulgação)

A polêmica envolvendo o professor Ruben Alvarez, que expulsou um aluno falso faixa-preta de sua academia, segue em alta. Mestre de Ruben, o brasileiro Roberto Cyborg deu sua opinião sobre o ocorrido através das redes sociais.

* Vídeo: falso faixa-preta leva ‘esculacho’ de professor e é expulso de academia nos Estados Unidos

Confira o post do brasileiro:

“Eu tenho que comentar sobre o vídeo que foi postado por um dos meus faixas-pretas, o Ruben Alvarez, que leciona na nossa escola afiliada Black House, em Miami Beach. Eu vejo as pessoas com opiniões diferentes sobre o que aconteceu, e vejo esse acontecimento como uma grande lição para a comunidade do Jiu-Jitsu.

Em primeiro lugar, é claro que o cara estava completamente errado ao fingir ser um faixa-preta, mostrando algum transtorno mental ao tentar fazer algo tão bobo, sem conhecimento ou base técnico do esporte. É difícil julgar a reação do Ruben porque existem dois lados da história. O primeiro é que o Ruben, um faixa-preta novo e super esforçado, dedicou sua vida para conquistar seu espaço nesse esporte e agora está começando a compartilhar os seus ensinamentos. O Ruben treina comigo há sete anos, ele é uma ótima pessoa, apaixonado pelo Jiu-Jitsu. Ele está no início de carreira. Na opinião dele, foi muito ofensivo ter um cara deitado no tatame fingindo ser um faixa-preta, algo que ele (Ruben) trabalhou muito para ser. Mesmo assim, é claro que ninguém tem o direito de humilhar ou desrespeitar alguém como ele fez, mesmo nessas circunstâncias.

O segundo lado é que, infelizmente, quando você recebe a faixa preta se torna também um faixa-branca novamente. Com a faixa preta não vem maturidade ou experiência de vida. Essas coisas aprendemos com o passar dos anos, com as decisões certas e erradas que nos fazem crescer. Todos nós sabemos que quando somos jovens não medimos muito as consequências das nossas atitudes. Eu não o julgo por defender a honra e os princípios do esporte que ama.

Eu sou muito firme e direto com os meus alunos quando se trata de postura e respeito com o próximo. Ser humilde e respeitoso é sempre a primeira lição. Eu tenho uma visão diferente dessa situação da que ele (Ruben) teve, mas não posso esperar que vejamos tudo da mesma forma. O cara (falso faixa-preta) aprendeu a lição, e eu tenho certeza que o Ruben também. Sei que esse acontecimento, de alguma forma, serviu de exemplo para muitos faixas-pretas e atletas em geral repensarem suas atitudes em situações desse tipo. Na vida, como no Jiu-Jitsu, a gente nunca perde, ou ganhamos ou aprendemos”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s